Nazismo, Hitler, A outra história americana e o que aprendi.

21:14


Olá, como está? espero que bem.

Confesso, na época do colégio sempre matava as longas-demoradas-cansativas-entediantes- aulas de história, quem nunca? – era mais interessante pra mim está com os amiguinhos fofocando hahah mas a professora também não era lá essas coisas. Nunca tinha me despertado o interesse sobre o nazismo e de saber se ainda pode existir hoje em dia, mas irei contar já já.  Até algum tempo mudei meus hábitos por leituras e histórias do mundo que inclusive é um dos assuntos dos quais me interesso, seja qual for o assunto a leitura no nosso dia-a-dia ajuda em diversos aspectos: dicção, escrita, conversa e afins.
Já faz um tempinho que queria postar sobre esse filme m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o: A outra história americana.


O Nazismo:

Vou começar com uma breve explicação do que foi o Nazismo. Foi um movimento que surgiu na Alemanha, com a eleição do Presidente Adolf Hitler, - com certeza esse nome você já ouviu falar- ele implantou uma cultura de segregação e xenofobia, baseado na teoria de Arthur de Gobineu (1806-1882) onde diz que existia um povo antigo, os arianos, que originaram-se na Ásia Central, migrando para o sul e para o oeste, chegando à Europa e a alguns territórios que hoje estão o Afeganistão, a Índia e o Irã.
Foram os pilares para uma nova raça superior que seriam os arianos, pessoa brancas, loiras de olhos claros, sendo superiores sobre qualquer outra raça.

O que chama mais atenção é que o próprio Hitler não era um ariano, engraçado ele né?  essa tal superioridade fez com que na Alemanha quem não fizesse parte desse tipo racial era excluído e com o passar do tempo tiravam suas posses e fazia-os de escravos ou matavam em larga escala. Foi essa a justificativa teórica para a opressão e eliminação dos judeus, ciganos, eslavos e homossexuais, principalmente Judeus. O terror era feito em campos de concentrações espalhados pela Europa, durante a segunda Guerra Mundial, onde milhões foram executados por esse ideal. Tal Guerra durou seis anos entre 1 de setembro de 1939 à 2 de setembro 1945 e teve um total de 73 milhões de pessoas mortas.

 O Neonazismo:
  
A outra história americana é todo baseado no neonazismo. Sim, eu precisava ter explicado o que é nazismo. O neonazismo está associado ao resgate-adoração ao nazismo, contudo o nazismo fazia apologia a raça pura Ariana. Os seguidores da ideologia neonazista promovem a discriminação das minorias como o homossexual, negros, estrangeiros, ameríndios e ainda os Judeus, incitam a violência para acabar ou que saiam do seus lugares. Apesar de sua política racista, eles não se consideram "racistas".

Isso tudo é relatado ao decorrer do filme de uma forma impressionante que causa bastante inquietação sobre um assunto ainda atual.


O Filme:

Derek (Edward Norton) é o filho mais velho de uma família americana. Busca dar vazão a sua raiva pela morte de seu pai injustamente enquanto tentava combater um incêndio com os demais bombeiros, onde a partir daí sua irá se rebela e torna-se um influente líder de uma gangue neonazista (racista). Sua gangue tenta exterminar imigrantes e principalmente os negros considerando-os de “praga” para torna o país na América dos sonhos. Devido a tanta violência e ideologias controversas ele acaba assassinando um negro que foi roubar seu carro, em sua casa durante a noite e foi preso por 3 anos.



O sorriso de vitória. (momento em que Derek é preso)

Na prisão, seu conceito do nazismo é totalmente modificado por vários acontecimentos, uma delas é quando é descriminado pelos próprios semelhantes, onde todos são iguais e todos estão sujeitos a violência.

Seu irmão mais novo Danny Vinyard (Edward Furlong, o eterno John Connor de Terminator 2 ahha) e como outros adolescentes excluídos pelo bairro veem a pregação pelo neonazismo a solução de uma vida frustrada. Ao sair da prisão disposto a recomeçar sua vida, Derek tenta converter seu irmão do quão errado é a ideologia, onde está prestes assumir o posto de líder na gangue neonazista da qual pertencia. 


O roteiro segue uma fórmula não-linear com "flashbacks", não chega confundir o espectador, pois os planos em preto e branco e em cores servem precisamente para separar o que é lembrança e tempo presente, mas também para representar o lado sombrio da vida do Derek da qual não quer lembrar.

Gente, sempre que me lembro desse filme me dá uma louca vontade de assisti-lo novamente, ele é fantástico e relata com tata clareza que nem minha professora de história do colégio conseguiu heheh, um filme que em menos de duas horas consegue reunir violência e poesia atrelados ao mesmo tempo. Um grande tapa na cara de outros filmes relacionado ao nazismo/ neonazismo, diga-se de passagem o nazismo, é ódio gratuito, totalitário, opressor e discriminante gerado contra qualquer um que pertença à uma raça diferente da sua. Um excelente filme pra quem quer entender mais sobre o assunto e se emocionar com o final grande FUKING final.
  
Mensagem: 


Não é por que somos diferentes que sejamos menos importante ou inferior aos outros, independentemente de cor, classe social, sensualidade, somos todos iguais e merecemos respeito.





E você já assistiu? Ainda não? então corre. Se já deixa nos comentários o que achou.






You Might Also Like

3 comentários

  1. Estudar e ler sobre o nazismo e a segunda guerra mundial é muito interessante . Eu particularmente , amo livros e filmes atrelados a realidade , que fazem um panorama histórico , político e cultural . Tendo em vista tal ponto , li , nas férias de julho, " A MENINA QUE ROUBAVA LIVROS " . Conta a história de uma órfã que é adotada por um alemão na época da segunda guerra mundial e, que roubava livros para guardar recordações . O livro tem toda uma relação com a Segunda Guerra , é muito bom! O filme não chega aos pés as 400 páginas do livro !
    www.blogdarosita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão interessante esse assunto da segunda guerra mundial. As vezes é bom os blogs falar um pouco sobre a realidade.
      Você já assistiu o filme?

      Obrigada pela visita <3

      Excluir
  2. Adorei seu post
    Muito obrigada pela visita volta sempre adorei
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia

    ResponderExcluir

Obrigado pela visita, você é muito importante. Me conte o que achou.

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images